Inicial Imóveis para Venda Imóveis para Locação Contato A Empresa Vender / Alugar meu Imóvel Pesquisa Completa Financiamento Notícias Links Úteis Cadastro de Clientes Casa Própria Deixe seu Imóvel Conosco! Documentação em geral Faça parte de nossa equipe! Faça seus calculos Imóvel Bom e Barato Mercado imobiliário 2022 Morar(Alugar) ou Investir(Comprar) O que é coronavírus? (COVID-19) Personalize o tipo de imóvel que deseja Investir em Imóveis
 11 5939-7727 | 11 95762-2368  Rua Roraima, 110, Cidade Dutra São Paulo SP
Tradução  

Notícias

O certo é não confraternizar durante a pandemia

10/12/2020 - Dicas de como se confraternizar diante da pandemia do novo coronavírus este ano!



Sem beijos e abraços? Com máscara e distanciamento? As festas de Natal e Ano-Novo serão diferentes em 2020. Isso, é claro, se você seguir todos os cuidados para evitar a contaminação pelo coronavírus. O ideal, inclusive, seria que as famílias e amigos não se encontrassem neste ano. A indicação é da própria OMS (Organização Mundial da Saúde), que disse que a "aposta mais segura" seria não realizar as reuniões familiares tão tradicionais nesta época.

Isso vale especialmente para núcleos familiares que não moram na mesma casa. Para famílias que já estão em convívio diário, a confraternização pode ser realizada seguindo os cuidados de higienização ao voltar da rua, por exemplo —adotados desde o início da pandemia. Agora, se a ideia é reunir vários grupos da família, alguns cuidados devem ser tomados, principalmente se pessoas de grupo de risco estiverem no mesmo local.

Caso você escolha fazer reuniões familiares ou entre amigos, saiba que não é possível realizá-las de forma 100% segura, como destaca Munir Ayub, consultor da SBI. "É um risco calculado que a pessoa irá correr. Ninguém pode dizer que teremos confraternizações seguras e tranquilas.".

Andrea Mansinho, infectopediatra da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo, alerta para o momento da refeição e para o consumo de bebidas alcoólicas. "Os principais riscos vão surgir quando as pessoas se sentarem para comer e beber, porque é o momento que elas precisam tirar a máscara. Ao consumir álcool, as pessoas tendem a relaxar mais nos cuidados.".

Tire dúvidas sobre festas de fim de ano x covid-19

Neste ano, será possível reunir as famílias e os amigos? 
O indicado é que as pessoas não se reúnam neste fim de ano. Isso vale para núcleos familiares que vivem em locais diferentes e também para grupos de amigos. "Se a festa de fim de ano for com as pessoas que você já convive diariamente em sua casa, tudo bem. São pessoas que você já conhece e confia, e sabe que não estará se expondo", explica Alexandre Naime, infectologista chefe do Departamento de Infectologia da Unesp e consultor da SBI.

Se o grupo não for do meu núcleo, quais são os principais cuidados? 

Os principais cuidados, segundo os especialistas, devem ser: 
- Quantidade de pessoas: o ideal é, no máximo, seis; 
- Distanciamento físico de 1,5 metros a 2 metros; 
- Uso de máscara; 
- Local arejado ou, de preferência, em um quintal ou varanda; 
- Pessoas com sintomas de covid-19 não devem participar.

Quantas pessoas podem participar da confraternização? 
Os especialistas sugerem que o máximo de pessoas que podem se reunir em um mesmo local é de seis.

Será necessário distanciamento? Qual? 
Sim, além da máscara, outra forma de evitar a disseminação do coronavírus é fazendo o distanciamento de 1,5 metros a 2 metros.

É mais seguro fazer quarentena antes da festa? 
Sim, ficar em isolamento completo 14 dias antes da reunião pode ajudar. Entretanto, é preciso lembrar que o período de incubação do coronavírus, ou seja, o tempo para que os primeiros sintomas apareçam, pode ser de 2 a 14 dias. Por isso, a pessoa, após os 14 dias em casa, pode estar infectada e assintomática.

Se todo mundo fizer o teste antes, o ambiente fica mais seguro? 
Essa é uma resposta difícil já que não há garantia de que, ao realizar os testes (RT-PCR e sorologia), a pessoa estará 100% "livre" do vírus, segundo os infectologistas entrevistados.

Já tive covid-19, meus riscos são menores? 
Ter tido diagnóstico de covid-19 anteriormente não é garantia que a pessoa não irá se infectar novamente, segundo os infectologistas. "Já temos visto muitos casos e provas de reinfecção por covid-19. Ter sorologia positiva [anticorpos do coronavírus no organismo] não isenta a pessoa de ter uma segunda infecção", explica Andrea Mansinho, infectopediatra da BP.

Quais os cuidados com idosos e pessoas do grupo de risco? 
As pessoas do grupo de risco, incluindo os idosos, são as que necessitam de maior cuidado. Este grupo deve ficar com maior distanciamento do restante. É preferível escolher dois responsáveis, que façam parte do convívio diário da pessoa, para fazer esse contato e, logicamente, usando máscara.

É mais seguro separar as crianças dos idosos? 
Os especialistas explicam que uma criança pode transmitir covid-19 da mesma forma que um adulto. O ponto de atenção é que as crianças costumam apresentar poucos sintomas, se infectados pelo coronavírus, e têm mais dificuldades em respeitar as regras (distanciamento, higienização das mãos e uso da máscara). Mas a ideia é orientá-las, explicando a situação e fazendo um treinamento antes de sair. Reforçando, por exemplo, para que elas evitem abraçar a avó ou o avô, ou qualquer outra pessoa que esteja no grupo de risco.

Podemos beijar e abraçar as pessoas? Quais os riscos? 
Não é indicado, por mais que as pessoas gostem de demonstrar afeto nesta época do ano. Caso os beijos e abraços sejam trocados com familiares que fazem parte do convívio diário, os riscos são menores. O ideal é evitar os atos com pessoas "de fora" do convívio.

É melhor evitar o som alto? 
Sim. Isso porque, em ambientes com som alto, as pessoas tendem a falar mais alto e, consequentemente, soltar mais gotículas de saliva no ar. Se ela estiver infectada, as chances de transmissão são mais altas.

Em qual ambiente da casa é mais seguro? 
Em um local com maior circulação do ar, de preferência com todas as janelas abertas. Caso o local tenha um quintal ou varanda, melhor ainda.

É melhor evitar consumir bebida alcoólica na reunião? 
Sim, mesmo sabendo que será uma "regra" difícil de ser obedecida. Quando as pessoas bebem mais álcool, a tendência é relaxar nos cuidados e, com isso, aumentar as chances de contrair covid-19 caso o local esteja infectado. Além disso, a pessoa que está bebendo acaba mexendo mais na máscara para retirá-la da região da boca —o que pode aumentar o risco de contágio. Se a pessoa tira a máscara de forma inadequada, ela pode se contaminar com o vírus ao encostar a mão na boca, por exemplo.

A festa deve ter a duração menor do que o normal? 
Sim. A orientação é que as confraternizações tenham o tempo encurtado e isso pode variar de acordo com cada família ou grupo de amigos. Quanto menor o tempo, menor a chance de contaminação caso alguém esteja com covid-19. Se todos estiverem usando máscara, com distanciamento, higienizando as mãos, em um espaço grande e arejado, é possível estender o tempo.

Quais os cuidados com a comida da ceia? 
Nessas confraternizações, é normal que as famílias organizem a tradicional ceia, principalmente no Natal. Um ponto muito importante é evitar comidas que sirvam como petisco, que, normalmente, as mãos são utilizadas diretamente, como em um churrasco. Por isso, o mais indicado é sempre usar talheres para se servir. Além disso, é essencial que o responsável pela comida faça a higienização completa das mãos, de preferência com água e sabão. 

Outras dicas para esse momento são: 

- Deixar as comidas da mesa cobertas; 
- Evitar aglomerações perto da mesa; 
- Se estiver perto, use máscara; 
- Quando for se servir, também esteja de máscara e com as mãos higieniz.

Quais cuidados deve-se ter com os talheres? 
O ideal é que cada pessoa utilize seus próprios talheres (garfo e faca) e, caso use um pegador de salada, por exemplo, que seja higienizado na sequência. Também é importante que as pessoas lavem as mãos antes de se servir.

Na hora da refeição, idosos comem separados dos adultos e crianças? 
Os especialistas explicam que o indicado é criar horários para os idosos e as pessoas do grupo de risco, em geral, comerem e, depois, os adultos e as crianças. Além disso, o mais seguro é que cada um coma em um local separado, se possível, respeitando o distanciamento.



Está liberado brindar? 
É melhor evitar porque ao brindar, a tendência é falar mais alto, espalhando mais gotículas de saliva, e ficar mais próximo de outras pessoas. Caso estejam sem a máscara, a situação fica mais arriscada.

Como organizar a troca de presentes? 
Os infectologistas explicam que, por mais raro que seja a infecção de covid-19 pelas superfícies, existem algumas práticas que podem ajudar no momento da troca de presente —normalmente que envolvem mais abraços e beijos (evite e use máscara). Uma sugestão é escolher apenas uma pessoa para fazer a distribuição: ela deve lavar as mãos antes de entregar os presentes. Outra dica é passar álcool nos presentes antes da distribuição.

TEMOS QUE SEGUIR ESSAS ORIENTAÇÕES, NO MOMENTO É A ÚNICA ARMA QUE TEMOS CONTRA ESSA TERRÍVEL DOENÇA.
 




Fonte: uol.com.br/vivabem

Outras Notícias

Usucapião na legislação brasileira

Termo usucapião (do latim usucapio: "adquirir pelo uso";) é uma forma originária de aquisição do dire...

Morar na praia: as vantagens, desvantagens e o que levar em conta ao tomar essa decisão

Morar na praia Estar diante do oceano e experimentar novos hábitos de vida estão entre os motivos que têm aumentado a procu...

O que levar em consideração na hora de alugar um galpão

Se você precisa alugar um galpão para abrir um negócio ou para suprir um crescimento da demanda de mercadorias armazenadas, sa...

Saiba utilizar tapetes na decoração da sua casa

Usar tapetes na decoração da casa tem o poder de transformar o ambiente em um local mais aconchegante, além de ajudar a aquecer o...

Dicas para deixar sua casa em ordem nesse ano 2022

A virada do ano é símbolo de um tempo de novas oportunidades, de recomeço e, é claro, da hora de tirar do papel aquela...

Cozinhas Planejadas pequenas e modernas

Ainda que discretas, as cozinhas planejadas pequenas não abandonam seus requintes de sofisticação. Fugindo dos padrões...

Como definir o tamanho dos quartos de uma casa ou apartamento

Veja algumas ideias e dicas para você calcular o tamanho de um dormitório no projeto da construção de uma casa vou avaliar ...

Rack como usar na decoração de sua casa

Sem dúvidas, existe um modelo de móvel para casa que tem se tornado protagonista em muitas decorações de interiores, que ...

Como limpar porcelanato e conservá-lo novo por mais tempo

Porcelanato é um tipo de revestimento cerâmico que pode ser utilizado em áreas internas e externas, caracterizado por ter baixa ab...

Vantagens e Desvantagens de morar no centro de São Paulo

São Paulo é a maior e mais populosa cidade do país, sendo conhecida como a capital brasileira que nunca dorme. Concentra o maior ...
icone-whatsapp 1
Entrar em contato

 Rua Roraima, 110, Cidade Dutra São Paulo SP

 11 5939-7727 | 11 95762-2368

 E-mail: atendimento@tmnegociosimobiliarios.com.br

www.tmnegociosimobiliarios.com.br © 2022. Todos os direitos reservados.

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias

Esse site utiliza cookies para garantir a melhor experiência e personalização de conteúdo. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.